domingo, 31 de maio de 2015

TER PAZ OU TER RAZÃO? UMA REFLEXÃO.



por Isha 



Onde você está brigando em sua vida? Em que áreas sua opinião se transformou em algo mais importante que a paz, que a harmonia?

O incidente que lhes relato a seguir aconteceu quando estabeleci um Centro de Retiros na Colômbia e ajudará a explicar a natureza de minha mensagem:

Um dia, apenas os primeiros murmúrios do amanhecer soaram em torno de nossos escritórios acima da colina, uma tropa de soldados exageradamente armados subiam firmemente as escadas. Vestidos de negro, carregando granadas e armas que requeriam um estado atlético excepcional para poder transportá-las, se formaram ao longo de nossa galeria. Eram da polícia antinarcóticos, mas não soubemos disso até que eles se apresentaram.


Depois de perguntar-nos bruscamente sobre nossas intenções na área, baixaram seus fuzis e suas granadas de mão, e seus cintos cheios de munições, e se sentaram para uma breve palestra introdutória a respeito da tarefa da Fundação. À medida que iam escutando sobre a consciência, o amor incondicional e a união que existe para além de nossas diferenças aparentes, seus rostos denotavam um interesse e curiosidade sinceros. Mas o mais impactante foram suas respostas à pergunta, o que é que você quer?

"Paz"- disse um dos soldados. "Amor" - murmura outro.

Paz. Uma palavra que reúne a humanidade em seu desejo comum por unidade. Inclusive aqueles que brigam, estão brigando pela paz.

Você já reparou alguma vez que quando as pessoas pedem pela paz, geralmente o fazem gritando? Quero estar em paz! Deixe-me em paz!

Como seres humanos, sempre dizemos, quero estar em paz, e no momento seguinte estamos brigando por "justiça", brigando por ter razão. Então, o que é realmente o mais importante, nossa paz ou ter razão? Esta necessidade de ter a razão, com frequência requer demonstrar que o outro está equivocado e isto é o que gera conflito.
 

sábado, 30 de maio de 2015

EM BUSCA DA VALORIZAÇÃO: COMO VOCÊ SE RELACIONA COM OS SEUS COLABORADORES?


Resultado de imagem para valorização profissional


Para brasileiros, reconhecimento é mais importante que salário
Fonte : Boa Chance


O reconhecimento profissional é o calcanhar de Aquiles das empresas no Brasil. É o que revela a pesquisa do site Love Mondays, que constatou: os brasileiros estão mais preocupados com a forma em que são reconhecidos pelos líderes do que com o salário. O estudo analisou 3.365 respostas escritas por usuários à pergunta "Que conselhos você daria à presidência da sua empresa?". Coletadas entre dezembro de 2014 e janeiro de 2015, as opiniões foram compartilhadas de forma anônima no portal.

domingo, 17 de maio de 2015

HORA DE SE RECOLOCAR NO MERCADO

Resultado de imagem para recolocação profissional




Fonte: Boa chance

Profissionais disponíveis são requisitados para assumir cargos recém-criados nas empresas ou para gerenciar novos projetos​

​Tem quem esconda o fato de que foi demitido e quem culpe o antigo chefe, as empresas ou os colegas. Mas profissionais de recrutamento e seleção afirmam, com convicção: dispensa não é sinônimo de descrédito. Há uma percepção geral no mercado de que não existe uma relação direta entre demissão e falta de competência​ ou de comportamento adequado profissional


sábado, 16 de maio de 2015

EM BUSCA DA CRIATIVIDADE







"​Para tornar-se pessoa, é necessário passar por vários estágios de consciência de si mesmo... sendo o estágio de autoconsciência criativa... o mais pleno da existência humana. Liberdade é um aspecto de autoconsciência... é a força de amoldar e criar a nós mesmos​."
Rollo May

domingo, 10 de maio de 2015

SABER NEGOCIAR






Eduardo Ferraz


Rotineiros e desagradáveis, os conflitos acontecem quando há diferentes interpretações sobre um mesmo problema. Pequenas ou grandes, as discussões geradas em torno de certos temas podem gerar diversos problemas para a empresa, além de inviabilizar negociações.



sábado, 9 de maio de 2015

PERDOAR A SI MESMO: NÃO É FÁCIL, MAS UM ENCONTRO NECESSÁRIO...

  

Fonte da foto: Toa Heftiba (unsplash)




Morel Felipe Wilcon

Perdoar a si mesmo é mais urgente que perdoar ao próximo. Se você não perdoar a si mesmo, como vai ter condições de perdoar a quem quer que seja? Se não perdoar seus próprios erros, suas próprias faltas, como conseguirá perdoar os erros e faltas alheias? Perdoe primeiro a si mesmo, logo, urgentemente, se possível ainda hoje, pois ninguém merece viver carregando culpas velhas de erros cometidos no passado. Não faça essa injustiça consigo mesmo, perdoe-se!

sábado, 2 de maio de 2015

QUANDO O TRABALHO VAI AONDE VOCÊ ESTÁ

Resultado de imagem para freelancer


Cresce o número de sites que conectam freelancers de diferentes áreas em busca de serviços

Fonte: Boa Chance


Ser freelancer está em alta: seja para fazer serviços extras, para garantir uma renda enquanto se está desempregado ou como primeiro passo para o próprio negócio. Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad) referente ao quarto trimestre de 2014, quase um quarto dos brasileiros trabalham por conta própria (23,4%). São fotógrafos, jornalistas, advogados, ilustradores, web designers, cozinheiras e costureiras, entre outros. A reboque desse movimento, cresce o número de sites que ajudam esses profissionais a encontrarem oportunidades e ideias para aprimorar serviços e gerenciar o negócio.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...