Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2013

A ARTE DE SE ATRAPALHAR- ESTUDO MOSTRA QUE 95% DAS PESSOAS PROCRASTINAM

Imagem
Fonte: Boa Chance O publicitário e escritor André Timm decidiu radicalizar; há pouco mais de um ano, adotou a máquina de escrever para produzir seus textos literários. Isso porque, conta ele, não conseguia resistir a tentação de checar seus e-mails, espiar as redes sociais e, principalmente, pesquisar na internet. Timm não está sozinho. De acordo com o autor suíço Piers Steel, 95% das pessoas têm o hábito de procrastinar – ou seja, "deixar para outro dia ou para um tempo futuro, por motivos repreensíveis", conforme define o dicionário. E existem dois tipos de procrastinadores: os crônicos que representam 20%, e os eventuais, segundo um estudo da DePaul University, de Chicago. No trabalho a prática é agravada pelas inúmeras distrações trazidas pela internet.

MUITO ALÉM DO PESO

Imagem
A comida como sintoma...

"Os regimes não funcionam porque a comida e o peso são sintomas, não são os problemas. Concentrar-se no peso é um modo conveniente e culturalmente reforçado de desviar a atenção das razões pelas quais tantas pessoas usam o alimento quando não estão com fome. Essas razões são mais complexas do que - e não serão resolvidas com - a força de vontade, a contagem de calorias e os exercícios. Elas tem a ver com negligência, falta de confiança, falta de amor, abuso sexual, abuso físico, raiva não expressa, amargura, ser objeto de discriminação, proteção contra novas mágoas. As pessoas se maltratam porque foram maltratadas.[...] Porque nossos padrões de alimentação foram formados pelos primeiros padrões de amor, é necessário compreender e trabalhar tanto com a comida quanto com o amor para nos sentirmos satisfeitos em nossa relação com ambos." (Geneen Roth, Carência afetiva e alimentação)

ANSIEDADE CAUSADA POR DISTÚRBIOS DO SISTEMA CARDIOVASCULAR: BREVE ESTUDO E FINALIZANDO O TEMA

Imagem
O prolapso da válvula mitral é uma enfermidade cardíaca que provoca episódios de palpitações, dores no peito, respiração ofegante e fadiga, semelhante aos ataques de ansiedade.

ANSIEDADE CAUSADA POR PROBLEMAS IMUNOLÓGICOS: BREVE ESTUDO

Imagem
Alergias

Alterações no sistema imunológico (sistema de defesa do organismo) pode causar vários problemas físicos e psicológicos.
As alergias são um grande exemplo disso. Elas acontecem quando o organismo reage excessivamente a substâncias inofensivas. Os tipos mais comuns de alergias são de alimentos, pólen e mofo. O diagnóstico costuma ser fácil pois os efeitos ocorrem logo após o contato com o alergênio como respiração ofegante e ruidosa, comichão, olhos lacrimejantes e urticária.
Há reações alérgicas que acontecem horas ou dias após o contato com o alergênio que incluem ansiedade, depressão, eczema, enxaqueca, insônia.
O tratamento envolve a suspensão do contato com a substância e também a aplicação por prescrição médica de dessensibilizantes. Administrar o estresse ajuda também evitar e tratar as alergias.

ANSIEDADE CAUSADA POR PROBLEMAS HORMONAIS: BREVE ESTUDO

Imagem
Hipoglicemia
A hipoglicemia é quando o nível de açúcar no sangue está abaixo do normal podendo provocar sintomas semelhantes aos ataques de ansiedade como irritabilidade, tremores, desorientação, aturdimento, espaçamento anormal na fala e até palpitações.

ANSIEDADE CAUSADA POR PROBLEMAS HORMONAIS - BREVE ESTUDO

Imagem
HipertireoIdismo

É quando a glândula tireoide produz uma quantidade excessiva de hormônio tireoidiano. É um problema sério e potencialmente perigoso quando não diagnosticado no início.

Seus sintomas podem simular uma crise de ansiedade que incluem ansiedade generalizada, insônia, cansaço ao menor esforço, pulso acelerado,suores, intolerância ao calor e aumento da atividade intestinal.

É pela análise do sangue que esta patologia é detectada.

O tratamento deve ser feito imediatamente por meio de drogas que suprimem e até inativam  esta atividade excessiva e em casos mais graves a remoção cirúrgica é o mais indicado.

ANSIEDADE CAUSADA POR PROBLEMAS HORMONAIS: BREVE ESTUDO

Imagem
Menopausa
A menopausa é o fim do ciclo menstrual que costuma acontecer na maioria das mulheres entre 48 e 52 anos, período que se observa alterações hormonais. Ansiedade, oscilações de humor e fadiga são os sintomas mais comuns.
Os sintomas emocionais da menopausa são causados pelo desequilíbrio dos hormônios estrogênio e progesterona no início e depois pela presença dos mesmos em baixa quantidade no organismo. Estes sintomas aumentam quando a mulher está sob grande estresse emocional ou tem hábitos alimentares desfavoráveis como a ingestão excessiva de cafeína, álcool e açúcar, pelo sedentarismo, ou por um estilo de personalidade pouco flexível e dependente apresentado por algumas mulheres.
O tratamento envolve terapia de reposição hormonal, suplementos vitamínicos e minerais, administração do estresse e atividade física regular para uma maior estabilidade emocional e qualidade de vida. Talvez a presença de um psicólogo seja necessária se a menopausa representar para a mulher uma perda …

ANSIEDADE CAUSADA POR PROBLEMAS HORMONAIS: BREVE ESTUDO

Imagem
Texto com base no livro Mentes Ansiosas - Ana Beatriz Barbosa Silva (esta e as próximas postagens)
Muitos problemas de saúde são causados por hormônios produzidos pelas glândulas endócrinas e têm como principais sintomas a ansiedade e as oscilações de humor.
Damos início a uma série de postagens que alertam para a diferença entre ansiedade patológica que são sintomas que simulam ataques de ansiedade produzidos por alterações no sistema endócrino, imunológico ou cardiovascular e o transtorno de ansiedade, uma patologia que produz sintomas de ansiedade com base em alterações do sistema nervoso. 
Esta investigação só um médico pode fazer, mas vamos falar de algumas disfunções de forma superficial para que o indivíduo busque uma atenção maior ao modo como se sente e no contato com o médico possa fornecer mais dados. E sendo uma questão física envolvendo medicamentos e mudança de hábitos. Talvez nem seja necessária a presença de um psicólogo.