Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2013

'Inovar induz à ação, à realização'

Imagem
Entrevista
José Roberto Aranha
Professor
Diretor do Instituto Gênesis/ PUC - Rio www.genesis-puc-rio.br/


Como as incubadoras ajudam a aumentar o grau de inovação de um novo negócio?
Aproximando laboratórios de pesquisa dos empreendedores, juntando empresas com problemas similares, dando consultoria específica e unindo necessidades de grandes empresas e incubadoras.

Histórias Sufi: resgatando as culturas de tradição oral

Imagem
AHMAD MUSSAIN E O IMPERADOR


O imperador Mahmud El-Ghazna passeava um dia com o sábio Ahmad Mussain, que tinha reputação de ler pensamentos. O imperador vinha tentando que o sábio desse uma demonstração de sua capacidade diante dele. Como Ahmad se recusava fazer a sua vontade, Mahmud havia decidido recorrer a um ardil para que o sábio, sem o perceber, exercesse seus extraordinários dotes na sua presença.
- Ahmad - disse
- Que desejas, senhor?
- Qual o ofício do homem que está perto de nós?
- É um carpinteiro.
- Como se chama?
- Ahmad, como eu.
- Será que comeu alguma coisa doce recentemente?
- Sim, comeu
Chamaram o homem e ele confirmou o que o sábio tinha dito.

A NEUROCIÊNCIA EXPLICA

Imagem
Hoje tudo é neurociência. Não renegamos seus avanços, pois estes estudos trouxeram inegáveis contribuições. O que me chamou atenção neste pesquisador é sua cautela, observando que existem outros fenômenos que influenciam o comportamento humano. (Regina Bomfim).

Construa-se

Imagem
Não pense nos outros. Pense em você. Não pense no que os outros já fizeram e você ainda não fez. Se construa a partir do ser que você é e do lugar onde está. Construa-se assumindo seus acertos e erros. Construa-se sabendo que esta é a obra que de fato permanece.
(Regina Bomfim)

QUANDO O QUE CURA PODE MATAR

Imagem
Com o avanço da ciência, vários novos medicamentos têm melhorado a qualidade de vida da população. entretanto, o uso indiscriminado e abusivo de certos fármacos, entre eles muitos que não exigem receita médica, pode ter sérias consequências se ingeridas em excesso. Essas substâncias - benéficas nas doses corretas - causam danos ao fígado onde são processadas e podem provocar a destruição desse orgão. Pedro Elias Marques André Gustavo de Oliveira Gustavo Batista Menezes Laboratório de Imuno biofotônica Departamento de Morfologia Universidade Federal de Minas Gerais

O ser humano tem sido desafiado pelas doenças desde o início da sua história, e elas provavelmente o forçaram a buscar alternativas para se manter vivo e saudável. Ainda não se sabe se os humanos primitivos buscaram os medicamentos na natureza conscientemente ou se estes foram apresentados de forma aleatória a eles nas refeições que obtinham nas plantas e ervas, por exemplo. Nossa capacidade de perceber, entender e memorizar os pri…

Mudança

Imagem
Você não muda uma pessoa, você pode ajudá-la a aceitar a necessidade de mudança. Ela acatará ou não. A mudança ocorre de dentro para fora. Portanto, mudanças dependem, sobretudo, da vontade de cada um e do entendimento sobre a necessidade e finalidade dessa mudança. Não se frustre se alguém não acata sua ajuda, não retenha para si mesmo, a responsabilidade por uma compreensão que não deve ser feita por você - isso é excessivo. Apenas para citar, Cristo, não se demorava diante daqueles mais resistentes às palavras de amor e cooperação, ele continuava, depois de ter feito sua parte. Pense sobre isso e se desobrigue do que não depende de você! Aliás, há muito para você fazer por si mesmo, ainda! Faça sua parte e tranquilize-se!

Alena Menino

Mordida - em quem dói mais?

Imagem
[20/03/2007- Matéria da Edição :84 - Fevereiro de 2007 ] Até os três anos de idade, as mordidas são conhecidas, comuns entre as crianças, mas sempre preocupam pais e professores. Para entender o fato, é preciso voltar nossa atenção para o desenvolvimento físico e emocional das crianças.

Ensinar exige rigorosidade metódica

Imagem
O educador democrático não pode negar-se o dever de, na sua prática docente, reforçar a capacidade crítica do educando, sua curiosidade, sua insubmissão. Uma de suas tarefas primordiais é trabalhar com os educandos a rigorosidade metódica com que devem se "aproximar" dos objetos cognoscíveis. E esta rigorosidade metódica não tem nada a ver com o discurso "bancário" meramente transferidor do perfil do objeto ou do conteúdo. É exatamente neste sentido que ensinar não se esgota no "tratamento" do objeto ou do conteúdo, superficialmente feito, mas se alonga à produção das condições em que aprender criticamente é possível. E nessas condições implicam ou exigem a presença de educadores e educandos criadores, instigadores, inquietos, rigorosamente curiosos, humildes e persistentes. Faz parte das condições em que aprender criticamente é possível a pressuposição por parte dos educandos de que o educador já teve ou continua tendo experiência da produção de certos s…