Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2011

ESPELHO NOSSO

Imagem
fonte vídeo:www.youtube.com
Poucas crianças aprendem a dividir um brinquedo, conviver com diferenças e tolerar defeitos

Por Rosely Sayão

Faz um tempo que observo a movimentação nos horários de entrada e saída das escolas. Fora os carros, que atrapalham o trânsito em todo entorno, há crianças e adolescentes que saem e entram, sozinhos ou com seus pais.
É uma confusão geral: correria, gritaria, malas enormes que são arrastadas sem o menor cuidado e que produzem muito barulho, buzinas estridentes etc. Sempre fico impressionada com a indiferença das pessoas envolvidas nessas situações frente a esse caos que vivenciam.
Não é muito diferente o cenário que se observa durante a período do recreio, na maioria das escolas.
As crianças parecem ficar desnorteadas com tanta liberdade: correm e gritam sem direção e, invariavelmente, também sem contexto.
O corre-corre e, os gritos não fazem parte de alguma brincadeira que exija tais manifestações.
Um dia desses, vi um garoto de uns dez anos mais ou menos,…

Gente, hoje estou assim sincera, buscando alegria sem desistir de ver que a Vida é encantamento, música, suor, lágrimas mas no final o Sol brilha!

Imagem
Recado Gonzaguinha Composição: Gonzaguinha Se me der um beijo eu gosto
Se me der um tapa eu brigo
Se me der um grito não calo
Se mandar calar mais eu falo
Mas se me der a mão
Claro, aperto
Se for franco
Direto e aberto
Tô contigo amigo e não abro
Vamos ver o diabo de perto
Mas preste bem atenção, seu moço
Não engulo a fruta e o caroço
Minha vida é tutano é osso
Liberdade virou prisão
Se é amor deu e recebeu
Se é suor só o meu e o teu
Verbo eu pra mim já morreu
Quem mandava em mim nem nasceu
É viver e aprender
Vá viver e entender, malandro
Vai compreender
Vá tratar de viver
E se tentar me tolher é igual
Ao fulano de tal que taí Se é pra ir vamos juntos
Se não é já não tô nem aqui Fonte:http://letras.terra.com.br/gonzaguinha/280649/
Cuidando do Cuida-dor
Por: Darcy Cesário Franca* “Há dias que a gente se sente,/ como quem partiu ou morreu,/ a gente estancou de repente/ ou foi mundo então que cresceu./ A gente quer ter voz ativa/ e quer no destino mandar./mas eis que chega roda viva/ e carrega o destino pra lá.../ Roda mundo, roda gigante/ roda moinho roda pião,/ o tempo rodou num instante,/ nas voltas do meu coração.”
Foi com esse fragmento da canção do Chico Buarque que me remeti ao escutar os cuida-dores dos doentes de Alzheimer pela primeira vez e a cada vez que os escuto desde 2001 quando a Associação Brasileira de Alzheimer, Regional do Pará – Abraz- PA me chamou para prestar atendimento psicológico ao cuidador familiar ou profissional, dos doentes de Alzheimer
A princípio vou falar resumidamente sobre a doença de Alzheimer ou DA e depois contarei a maneira encontrada para atender os cuidadores.
Alzheimer é uma doença degenerativa e progressiva, conhecida erroneamente como “esclerose” ou “caduquice”, e acomete pr…
Imagem
Um não à violência



foto:www.billvaz.wordpress
Há 11 anos, manifestações repudiam a exploração sexual infantil


Jhonata Mendes, Nayara Mantovani e Mayara Dantas, do Vrajovem Campinas (SP)*


Em 1973, Araceli Cabreira Sanches tinha oito anos quando foi brutalmente violentada por um grupo de jovens de classe média alta da cidade de Vitória (ES). Os autores desta ato estão impunes até hoje. Este triste episódio fez da menina o símbolo do combate à exploração sexual infantil.


A indignação gerada pela impunidade dos autores deste ato e a repercusão internacional levaram à criação da Lei n0 9.970/2000 que instituiu 18 de maio como o Dia Nacional do Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Anualmente esta data é lembrada pelas várias entidades de defesa de direitos infanto-juvenis, que promovem eventos nacionais e internacionais para lembrar à sociedade e as autoridades da importância do combate de atos que vitimou Araceli.


Em Campinas (SP), o 18 de maio não passou em branco.…

A Filosofia Na Psicologia

A Filosofia Na Psicologia

obs: Clique no título. O texto é muito interessante.
Imagem
BULLYING – PARTE III: EFEITOS, CONSEQUÊNCIAS E DIRETRIZES 10.00h - Abertura Dra. Ivone Ferreira Caetano Presidente do Fórum Permanente da Criança, do Adolescente e da Justiça Terapêutica e Juíza de Direito Titular da Vara da Infância, da Juventude e do Idoso da Comarca da Capital/RJ
10.20h – Palestra:“Cyberbulling: efeitos e conseqüências do assédio moral pela internet contra crianças e adolescentes” Dra. Maria Cristina Milanez Werner Psicóloga, sexóloga, terapeuta de casal e família Mestre em Psicologia Clínica – PUC/RJ
11.20h – Palestra: “Convivência e violência no contexto escolar” Prof. Mariângela da Silva Monteiro Psicóloga Educacional Professora de Psicologia - PUC/RJ
12.20h –Palestra: “Aspectos Jurídicos” Dra. Simone Moreira de Souza Defensora Pública - Vara da Infância, da Juventude e do Idoso da Capital
Mediador: Vereador Tio Carlos Presidente da Comissão dos Direitos da Criança e do Adolescente da Câmara Municipal do Rio de Janeiro
13.20h - Intervalo
MESA REDONDA – SECRETARIA MUNICIPAL DE …

Mercado Aquecido - parte 3 Gestão quando faltam pessoas

O fenômeno de falta de profissionais qualificados é intenso, mas recente. Por isso grande parte das organizações ainda não alterou seu conceito sobre o que é ser "bom gestor", preferindo promover um gestor de recursos em detrimento de um gestor de pessoas. Esta preocupação vem sendo transmitida com frequência  por Fábio Ribeiro, presidente da Diretoria  Executiva da ABRH - RJ (Associação Brasileira de Recursos Humanos do Rio de Janeiro). Felizmente ele tem uma certeza: a de que este panorama mudará, seja pela convicção e aprendizado dos executivos, ou pela força do mercado que se impõe ao ameaçar a sobrevivência da organização. "Se na década de 1980 as organizações que não administravam bem seus recursos financeiros não sobreviviam, o mesmo ocorrerá com a gestão de pessoas, ou seja, se repor um profissional era uma questão repassada ao RH que os 'colhia' em um mercado com grande oferta, hoje sua situação é diferente", considera Fábio, que faz três…
Imagem
imagem:http://boaspraticasfarmaceuticas.blogspot.com

Neurociência - Exaustão Cerebral

Por Suzana Heculano - Houzel
Mesmo o mais belo dos museus nos deixa exaustos depois de uma ou duas horas apreciando arte
Eu estou habituada a falar durante a 90 minutos sem grandes desgastes, às vezes por até três ou quatro horas, sobretudo se lembrar de levar uma garrafinha de água para bebericar o tempo todo.
Por que então, ontem saí tão exausta de uma hora de palestra seguida de duas horas de entrevista por uma banca de cinco pessoas? 
A neurociência explica: esgotamento neuronal por causa do esforço para manter por duas horas a atenção aguçada para interpretar as sutilezas das perguntas da banca, escolher cuidadosamente as palavras das minhas repostas, monitorar reações e pensar no que mais eu gostaria de dizer. Ufa!
A fadiga neuronal é resultado da própria atividade dos neurônios, que leva à produção de adenosina. Aquela mesma adenosina que, ao se acumular, leva à sonolência. Antes de chegar naquele po…

Menina de 13 anos em conversa no msn ( mostrem aos seus filhos)por favor leiam e importante para os filhos que acessam internet

Não sei se o texto é autentico.

Quem tem filho....ATENÇÃO!!!!!!
______________________________________________________________ Após  deixar seus livros no  sofá ela decidiu comer  um lanche e entrar  online. Conectou-se com  o seu nome na tela:
"Docinho14:"
Revisou sua lista de amigos e viu que Meteoro123 estava conectado.
Ela  enviou uma mensagem  instantânea:


Docinho14:Oi. Que sorte que vc está aí! Pensei que alguém me seguia na rua hoje. Foi esquisito mesmo!
Meteoro123:RISADA. Vc assiste muita TV. Por que alguém te seguiria? Vc não mora em um bairro seguro?


Docinho14:Com certeza. rsrsrs. Acho que imaginei isso porque não vi ninguém quando virei. Meteoro123:A menos que vc tenha dado teu nome online. Vc não fez isso, né?


Docinho14:Claro que não. Não sou idiota, vc já sabe.
Meteoro123:Você jogou vôlei depois do colégio hoje?
Docinho14:Sim e ganhamos!
Meteoro123:Ótimo! Contra quem?
Docinho14:Contra as Vespas do Colégio Sagrada Família. rsrsrs. Seus uniformes são um nojo! Pareciam a…

Ontem foi o Dia Mundial Contra a Agressão Infantil

Imagem
4 de junho – Dia Mundial contra a Agressão Infantil: data sem motivos para comemoraçãojunho 4, 2008 por Rosane “Violência doméstica lidera ranking de agressões contra crianças e adolescentes.”Os pais são os principais agressores contra crianças e adolescentes. A constatação pode ser vista na página da internet que mantém atualizadas as denúncias dos Conselhos Tutelares de todo o país, enviadas ao Sistema de Informação para a Infância e Adolescência (Sipia). São 186.415 registros, de 1999 até hoje.
Também constata-se que os números de agressões contra crianças e adolescentes são altos pelo Disque 100, sistema que permite que qualquer um faça denúncias, inclusive anônimas. Em números absolutos, os casos de agressão por negligência ou agressão física e psicológica são 54.889 dos 111.807 registros. Isso representa 67,40% do total. Entre os registros, 242 são denúncias de violência com morte da criança ou do adolescente.
Diante do índice, especialistas em questões da infância, consideram que …