Postagens

Mostrando postagens de Março, 2011

Solidão

Solidão pode causar mais males à saúde que obesidade e tabagismo Roberta Jansen
A solidão aquela sensação ruim de ser incompreendido, de não poder contar com ninguém, de estar só no mundo, pode causar mais males à saúde do que a obesidade e o tabagismo, tradicionalmente ligados a problemas cardíacos e cânceres, entre diversos outros problemas. Mas enquanto os dois últimos são fatores de risco muito bem estabelecidos do ponto de vista médico e aceitos pela sociedade, o isolamento social raramente é analisado num contexto mais amplo, como potencial detonador de doenças.

Uma nova linha de pesquisa, no entanto, coordenada pelo psicólogo Jonh T. Cacioppo, diretor do Centro de Neurociência Cognitiva e Social da Universidade de Chicago, sugere que somos muito mais interdependentes do que costumamos acreditar. Para Cacioppo, "a necessidade de vínculo social significativo, e a dor que sentimos sem ele, são características definitivas da nossa espécie", moldados por anos de evolução.…

Quem eu sou?

Imagem
Quem eu sou? Como posso identificar em mim aquilo que eu sou de verdade e aquilo que querem que eu seja?  Em que momento deixo de existir na minha essência e passo a ser aquilo que me moldaram? Quem nasci? Quem sou? Quem quero ser? Até que ponto não sou um produto daquilo que o dinheiro pode comprar? Quantas capas tenho que despir até poder me reconhecer? Quem é esta pessoa que o espelho reflete? Quantas caras, quantas bocas possuo? Quem sou eu afinal?
Sara leu seu texto de um só fôlego, diante da turma silenciosa e atenta. À medida que Sara lia, os rostos à sua volta iam se tornando sérios e reflexivos, como que buscando o sentido de cada palavra. Ela parou de ler e todos os olhares se voltaram para o professor. - Muito bem Sara... - Ele falou, e tomou seu lugar à frente da classe. Fonte:http://www.soniasalernoforjaz.com.br/Livro_meu%20destino%20sou%20eu_sobre%20o%20livro.html

Este é um trecho de um livro que li recentemente, mas destaquei como fonte o site da autora.  Num link, é pos…

A DIVERSIDADE, ADVERSIDADE

Imagem
Por Regina Bomfim


Cada pessoa dá o que tem. Ninguém pode dar além do que tem. Dizer isso não é diminuir o outro, mas reconhecer que cada pessoa tem um universo no qual possíveis desencontros entre tantas diversidades é uma fatalidade. É por isso que o diverso perturba tanto. Sartre falou que o inferno são os outros - Por que quando estou só as gavetas da minha alma estão arrumadas, mas chega o outro e desarruma tudo? O grau deste desconforto pode assumir várias intensidades até até o drástico aniquilamento daquilo que é diverso.

As várias guerras ao longo da história da humanidade, a idéia de que somente um pode ter o monopólio econômico, do conhecimento, da beleza, da fé.. E assim grandes muros são construídos, afinal, só pode existir um vencedor. Nas relações diárias, numa discussão há o lugar daquele que "tem razão", daquele que dá a "última palavra". Má…

" A gente não quer só comida 2" (frase da antológica canção de Arnaldo Antunes/Marcelo Fromer/ Sérgio Britto!)

No pátio um Jardim de Rosas

José Saramago
*O texto é em português de Portugal e não criei glossário. Quem quiser empreender esta busca, sinta-se à vontade...

Ao cair da tarde (singular expressão é esta, que faz da luz ou do seu desmaio, "ao cair da noite", algo de pesado e denso que desce sobre a terra agressivamente), depois do dia de trabalho, se o tempo está macio e o cansaço não pede o rápido refúgio em casa, onde em geral outro trabalho espera, gosto de andar pelas ruas da cidade, distraído para os que me conhecem, agudamente atento para todo o desconhecido como se procurasse decididamente outro mundo. Posso então parar em frente de uma montra onde nada existe que me interesse, ser microscópio assestado às pessoas, radiografar rostos para além dos próprios ossos, penetrar na cidade como se mergulhasse num fuido resistente, senti…

"A gente não quer só comida" As artes sempre serão eternos combustíveis da saúde do corpo e da alma!

Seminário pauta a política cultural do Rio

Artistas diversos e pensadores se reunem hoje e amanhã no Parque Lage

Por Luciana Martinez

A
palavra de ordem na cultura é convergência. Assim pensa a pesquisadora e professora da UFRJ Heloísa Buarque de Holanda, curadora do seminário Verão da Cultura. Urgente, que ocorre hoje e amanhã no Parque Lage. O evento vai reunir um vasto e heterogêneo grupo de agentes culturais para discutir os novos caminhos da cultura, traçar um mapa de tendências e ajudar na elaboração de políticas culturais de longo prazo no Estado do Rio.
- A curadoria não é temática, não tem mesas específicas sobre música, literatura. Está tudo junto e misturado. A proposta é discutir questões ligadas à cultura com as diferentes vertentes que a compõem. A minha sensibilidade como curadora foi perceber que é na circulação e na mistura que os avanç…

Pibão de emergente, com dívida social

Pobreza e desigualdade são mazelas de Brasil e demais Brics, que lideram crescimento global Por Fabiana Ribeiro
Na nova ordem mundial, emergentes como Brasil, Índia, China e Rússia (que juntos formam o Bric) são potências econômicas a despeito de seus enormes passivos sociais. Uma realidade distante do que se via num passado recente, quando poderio econômico vinha junto de bem-estar social. Semana passada, o IBGE informou que a economia brasileira cresceu a uma taxa recorde de 7,5% em 2010. Com isso o país foi alçado ao posto de sétima maior economia do planeta. China e Índia também tiveram elevadas taxas de expansão no ano passado, de 10,3% e 8,6% respectivamente. Estima-se que o Bric, em 2050, estarão entre as cinco maiores economias do mundo.
Mas, enquanto os líderes econômicos costumavam frequentar as primeiras posições também no ranking do índice no Desenvolvimento Humano (IDH) da ONU, os emergentes ainda tem uma longa dívida com os mais pobres - além de sua enorme desigualdade de r…

Leitura é função da escola?

Imagem
Prof. Ana Maria de Andrade
Pais e professores têm impacto direto na atitude e no comportamento das crianças com relação à leitura. A maior parte dos bons leitores declara que é filho e aluno de pessoas que leem com prazer e os ajudaram a encontrar livros interessantes para ler e desenvolver o gosto pela leitura. O problema existe no mundo inteiro: na média, 3 de cada 10 adultos que aprenderam a ler e a escrever só conseguem entender textos muito curtos e simples. O problema da dificuldade com a leitura é menor nos países de Educação Infantil mais desenvolvida e generalizada, e onde os pais e professores leem mais, alimentando com o exemplo o entusiasmo das crianças pela leitura.

Segurança na Saúde

Imagem
Walter Mendes e Wilson Shcolnik

Há uma recente preocupação com a qualidade dos serviços oferecidos na área de saúde, em virtude dos erros continuamente propagados pela mídia. O debate sobre erros na área de saúde e a segurança dos pacientes tem como referência o relatório do Instituto de Medicina da Academia Nacional de Medicina dos Estados Unidos da América, intitulado "Errar é humano" ("To err is human"), de 1999.
A segurança dos pacientes tem merecido a atenção da Organização Mundial de Saúde. Erros representam também um grave prejuízo financeiro. No Reino Unido e na Irlanda do Norte, o prolongamento do tempo de permanência no hospital devido a erros custa cerca de dois bilhões de libras ao ano, e o gasto anual do Sistema Nacional de Saúde com questões litigiosas associadas a eventos adversos é de 400 milhões de libras. Nos EUA, os custos anuais são estimados entre 17 e 29 bilhões de dólares anuais.
A maioria dos erros que podem afetar os pacientes são cometidos po…

"No meio do caminho tinha uma pedra" - As contrariedades da vida

Por Regina Bomfim

Pedindo licença ao Carlos Drummond de Andrade para usar uma parte deste seu emblemático poema... 
Aprender a lidar com o fato das coisas não sairem da maneira como foram planejadas, é complicado ainda pra mim. É um bloqueio, uma pedra colocada na mente, porque obstrui o raciocínio das soluções.
O "abacaxi" está ali e é preciso descascá-lo e descascá-lo significa pensar na melhor maneira de fazê-lo "sem ferir as mãos com os espinhos e a faca". Na verdade, a vida é cheia de contingências, contrariedades de toda ordem e há momentos em que não é possível evitar. O caminho mais "fácil" quase sempre é o desespero, a agitação que obstrui a análise que precisa ser racional.
Encontrar um canto na alma para respirar fundo e analisar com serenidade uma situação é um exercício, uma arte que siginifica colocar-se como responsável pelos próprios atos  estabelecendo com as situações uma escolha dos sentimentos que deseja estejam presentes. Isso é autoc…

Psicologia - uma visão pessoal onde me incluo como aprendiz

Por Regina Bomfim
As coisas só fazem sentido quando o sentido passa a fazer sentido para mim, do contrário serão conceitos vazios em relação ao que percebo do mundo. 
É neste momento que a relação psicólogo /cliente se difere da conversa-desabafo que costumamos ter com nossos amigos e dos conselhos que surgem desta troca que é tão tão rica e jamais deve ser ignorada.
O psicólogo dentro da sua técnica nas diferentes abordagens, vai procurar investigar como foram construídos estes sentidos que o indivíduo carrega independente desta busca ser no passado ou no presente, o que é diferente de dizer:  - "Você deve fazer isso ou aquilo", mas aproveitando o que o outro traz para ir empreendendo junto essa "viagem' de muitas paisagens entre flores e pedregulhos...
Pouco a pouco o sentido começa a fazer sentido como propriedade do indivíduo e  com posse de si mesmo, pode seguir se permitindo, mudando de idéia, rindo, chorando, vivendo as experiências. Nem "Super- Herói&qu…

Reflexões de Carnaval

Imagem
Minha Missão
Composição: João Nogueira e Paulo César Pinheiro
Quando eu canto
É para aliviar meu pranto
E o pranto de quem já
Tanto sofreu
Quando eu canto
Estou sentindo a luz de um santo
Estou ajoelhando
Aos pés de Deus
Canto para anunciar o dia
Canto para amenizar a noite
Canto pra denunciar o açoite
Canto também contra a tirania
Canto porque numa melodia
Acendo no coração do povo
A esperança de um mundo novo
E a luta para se viver em paz!
Do poder da criação
Sou continuação
E quero agradecer
Foi ouvida minha súplica
Mensageiro sou da música
O meu canto é uma missão
Tem força de oração
E eu cumpro o meu dever
Aos que vivem a chorar
Eu vivo pra cantar
E canto pra viver
Quando eu canto, a morte me percorre
E eu solto um canto da garganta
Que a cigarra quando canta morre
E a madeira quando morre, canta!


MISSÃO

Por Regina Bomfim
Nada como um samba deste que foi um dos grandes poetas da canção popular para saudar este como tantos homens e mulheres que algumas vezes com baixo nível de instr…
Imagem
Contribuições da psicologia para as intervenções em meio ambienteIsabella Bello Secco - Psicóloga pela PUCPR. Especializanda em Gestão Ambiental pela FAE Business School. Consultora da Comportamento - Psicologia do Trabalho. Membro da Comissão de Psicologia Ambiental do CRP 08 - Paraná. Artigo publicado na Revista Contato em novembro de 2008. Atualmente somos bombardeados com notícias referentes ao meio ambiente e que nos revelam uma situação assustadora que exige uma mudança dos comportamentos e valores da sociedade frente a tais questões. Pode-se dizer que 2006 foi o ano em que a humanidade tomou consciência de que a crise ambiental é real e seus efeitos, imediatos. Uma prévia do relatório anual da Organização Metereorológica Mundial, órgão da ONU que avalia o clima na Terra, divulgado em dezembro de 2006, demonstra que este ano foi marcado por recordes sombrios no terreno das alterações climáticas e catástrofes ambientais. O aumento repentino da temperatura planetária e das alteraçõ…