Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2011

Doença Mental - Uma visão

Na postagem anterior,falamos da importância de procurar ajuda psicológica como suporte temporário ao indivíduo que se encontra em crise ou buscando conhecer-se melhor, desmistificando essa procura como "incapacidade", "loucura".

Todavia, o sofrimento humano pode ter variados tipos de intensidade. O transtornomental grave, na sua multiplicidade de causas, é uma "tonalidade forte" que envolve quem sofre, assim como quem convive com quem sofre - a família quase sempre não consegue lidar com o transtorno, o que acaba por afetar a todos.

Informação, troca de experiências ajudam a diminuir  a confusão e a solidão. Segue abaixo a divulgação de um curso gratuito a ser realizado no Instituto de Psiquiatria da UFRJ:


Instituto de Psiquiatria da UFRJ realiza curso para familiares de pacientes

Estão abertas as inscrições para o curso sobre transtornos mentais graves , como esquizofrenia, transtorno esquizoafetivo e transtorno bipolar, oferecido exclusivamente para fam…

Mitos da Psicologia

Imagem
Ainda existem alguns mitos quando se fala na procura de um psicólogo, que podem inibir algumas pessoas de encontrar ajuda. Um dos mitos é que apenas as pessoas "malucas" ou muito perturbadas são seguidas por psicólogos. Mesmo alguns daqueles que optam por ultrapassar esse preconceito e procurar ajuda, têm tendência a esconder dos outros que estão a receber algum tipo de apoio ou acompanhamento psicoterapêutico. . Em parte, isto acontece pela crença distorcida e generalizada de que devemos ser capazes de enfrentar tudo sozinhos e que qualquer sinal de fraqueza deve ser ocultado. Podemos cometer o erro de querer ir ao encontro das expectativas sociais, existindo a preocupação da opinião dos outros e demonstrando que somos a tempo inteiro pessoas optimistas, decididas, positivas e de sucesso. Mas a verdade, é que todas estas ideias não correspondem fielmente à realidade. Negar uma fraqueza pode ser o primeiro passo para intensificá-la, assim como achar que não precisamos dos ou…

Como está o sistema carcerário no Brasil? Podemos falar de ressocialização? Este assunto me diz respeito?

Psicologia

O seu castigo é esse:
Falar comigo quando chegar, Sentar na cadeira  e me entrevistar, Saber da minha vida e como será O seu castigo é esse: Me fazer perguntas E saber como eu estou Quais os meus problemas A dor, o dilema O que me apavorou. O seu castigo é esse: Formar idéias, mas sempre com as suas Saber se eu minto, Se a verdade é sua E como será o meu amanhã. O seu castigo é esse: Parar, pensar dar seu parecer, O que será que vai ser. Será que o juiz também pensa o mesmo.
W. (21/08/2001)

Obs: Este texto cuja fonte é do Jornal do Conselho Regional de Psicologia do Rio de Janeiro que "discute atuação do profissional no sistema penitenciário em meio à crescente preocupação pela realização dos exames criminológicos que ferem o código de ética da profissão e voltaram a ser permitidos com a suspensão da resolução que os proibia" -Janeiro/ fevereiro de 2011

O QUE É EXAME CRIMINOLÓGICO?


O Código Penal, criado em 1940, já mencionava o cumprimento de pena em três regimes (…

Marco regulatório e controle social dos meios de comunicação

Imagem
O debate sobre comunicação no Brasil ainda parece ter muito a aprender com a experiência de construção democrática de políticas públicas via conselhos e conferências. Nesse campo qualquer ensaio de participação da sociedade em espaços de regulação ou, ainda pior, de debate sobre conteúdo, pode acabar pelas críticas que veem na regulação, uma tentativa de censura.
Para muitas organizações da sociedade civil, no entanto, criação de orgãos que possam iniciar um processo de regulamentação e participação social é justamente o que garante a liberdade de expressão. É o que avalia Roseane Bertolli, secretária de comunicação da CUT: "Quando você não delimita, quando você não regula, o próprio mercado regula. E ele regula a favor de quem é mais forte. Nesse caso, ele vai garantir o direito de liberdade de expressão somente a alguns grupos (que são inseridos no mercado), e não a todos", avaliou Roseane durante o Seminário Internacional das Comunicações Eletrônicas e Convergências de Mí…

O Barco da Existência: aonde deve estar o timão?

Imagem
Por David Viscott (o título é meu)


A pessoa que não compreende os sentimentos subjacentes às suas ações, na verdade, não se compreende a si mesma, de modo nenhum. Passa sua vida presa a um mundo cheio de cantos escuros, onde forças silenciosas - fora do seu controle - influenciam suas ações e a dirigem.

Nossos sentimentos definem a realidade mais diretamente e de modo mais complexo do que qualquer outra coisa. Nossos sentimentos definem o tempo: uma perda futura é encarada com receio. Um perda passada é experimentada como raiva. Nossos sentimentos condensam o mundo e tornam-no mais acessível para nós. Sem sentimentos o mundo é remoto.

A vida deve ser vivida no presente porque é só no presente que somos capazes de exercer qualquer controle sobre nossas vidas. Não podemos mudar nosso passado, o futuro está se formando continuamente no presente. Precisamos aprender a investir nossa energia no presente, onde ela nos trará mais benefícios. Se cuidarmos do presente com sinceridade, sem fin…

Essa é pra pensar: a prática psicológica só é legítima se permite esse exercício

Sobre a Crença em Deus


Há muitas pessoas que crêem; milhões crêem em Deus e encontram consolo nisso. Em primeiro lugar por que credes? Credes porque isso vos dá satisfação, consolo e esperança; e dizeis que essas coisas dão sentido à vida.

Atualmente vossa crença tem muito pouca significação, porque credes e explorais, credes e matais, credes em um Deus universal e assassinai-vos uns aos outros. O rico também crê em Deus; explora impiedosamente, acumula dinheiro e depois manda construir uma igreja e se torna filantropo.

Os homens que lançaram a bomba atômica sobre Hiroshima disseram que Deus os acompanhava; os que voavam da Inglaterra para destruir a Alemanha, diziam que Deus era seu co-piloto. Os ditadores, os primeiros ministros, os generais, os presidentes, todos falam de Deus e têm fé imensa em Deus. Estão prestando algum serviço, estão tornando melhor a vida do homem? As mesmas pessoas que dizem crer em Deus devastaram metade do mundo e o deixaram em completa miséria. A intolerâ…

O Conhecimento Essencial

Imagem
Compreender nossos sentimentos é compreender nossa reação ao mundo que nos circunda. A responsabilidade por sua jornada através desse mundo está em suas mãos. Sempre esteve. Sempre estará.

A sociedade moderna nos envia duas mensagens conflitantes: confie em si mesmo, seja você mesmo, encarregue-se do seu próprio destino; conforme-se, aceite ojogo, seja um "bom" cidadão.

Ainda precisamos de algum espaço, de algum tempo, de alguma privacidade, de alguma paz nem que seja por alguns minutos diários. Precisamos de uma oportunidade para nos pormos em contato conosco mesmos, de ouvir nossos pensamentos, de prestar atenção a nossos sentimentos.
Fonte:  A linguagem dos sentimentos - David Viscott. Summus Editorial

A máscara da alegria

Por Regina Bomfim
Transformar, resistir é um processo que exige "olhar de frente". Transformar, resistir à dor significa assumir que ela existe ao invés de dizer que ela não está presente. Assumir que a dor existe é meio caminho para superá-la.
Quando dizemos que a dor não está ali, optamos pela fuga - a fuga é uma transformação, uma capacidade de resistência "imaginária" que tem curta duração por não sobreviver ao teste de realidade das situações adversas diferentes ou semelhantes que aparecem. O engraçado é que a vida tem a capacidade de nos colocar em situações que mesmo tendo "cenários diferentes" se parecem entre si. É como o caso das mulheres que se dizem com "dedo podre" pra arranjar namorado, pois sempre aparecem uns "caras" que só estão por exemplo, interessados em sexo ou só o tipo "cafageste" que só quer se aproveitar do dinheiro. Quem nunca ouviu ou viveu uma situação onde a impressão que se tem é de andar em cír…