Humanização do Cuidar por Luciana Bertachini, Fonoaudióloga


A humanização nos ambientes hospitalares, clínico e domiciliar oferece bem-estar e dignidade ao paciente idoso e sua família. A capacidade técnico-científica dos profissionais da saúde deve ser colocada em prática considerando acima de tudo o ser humano, assim surge a habilidade de cuidar do paciente, conferindo-lhe "palavra", o direito de se comunicar e de ser reconhecido. Fundamental "escutar" o idoso, para reconhecer e acolher a sua individualidade, sua saúde biográfica, expectativa e preparação frente ao envelhecimento. Surge a comunicação como fator de humanização da terceira idade. Importante reconhecer e interpretar os sinais não-verbais (voz, olhar, postura, física, o andar...) e verbais: a palavra, seu significado.

Projeto Voz

Comentários